Bolsas de Criação integram Agenda Cultivar da AAUMinho


Com um novo tema para o mês de setembro “Cultivar as Ruínas”, a Agenda Cultivar da Associação Académica do Minho (AAUMinho) integra agora 3 bolsas de criação que visam alargar oportunidades na concretização de projetos dos estudantes minhotos. 

Com o objetivo de incentivar a criação artística aliada à dinamização cultural na cidade de Guimarães, “Cultivar as Ruínas” nasce como uma fonte de aproximação dos alunos de todos os campi à Cidade Berço.

Assim, as bolsas agora criadas servirão também de apoio monetário para os grupos de estudantes que pretendam desenvolver os seus projetos e, ainda, visam aumentar a visibilidade das respetivas obras através dos meios de comunicação da AAUMinho. Segundo o presidente da AAUMinho, “Esta iniciativa é uma forma de emancipação fundamental para os jovens artistas universitários e uma oportunidade de qualidade para projetos na área cultural e artística, que por si só já é, geralmente, mais desafiante. Da mesma forma, vem fortalecer a ligação da academia com a cidade de Guimarães, um objetivo antigo da AAUMinho.”  

Com o mote de aproximação a Guimarães, aos seus espaços e à sua comunidade, a AAUMinho pretende agora inserir, através de novos projetos culturais, os estudantes na própria vida da cidade vimaranense. 

Este projeto conta com o apoio do Município de Guimarães.

Consulta o regulamento abaixo para mais informações e para procederes à tua inscrição ou envia email para cultural@aaum.pt para quaisquer esclarecimentos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Relacionados