Despacho RT – 01/2022 | Avaliações em período de isolamento profilático

A emergência pandémica veio acentuar fragilidades pedagógicas com as quais os alunos convivem diariamente na sua vida académica e que tendem, por múltiplos motivos, a perdurar no seu contexto universitário. O mais recente problema esbateu-se com a ausência de uma solução justa e aceitável para os estudantes que, encontrando-se em isolamento,  tinham vindo a ser privados da possibilidade de serem avaliados com os restantes alunos e perdiam, assim, uma oportunidade de avaliação por motivos alheios à sua vontade e ao seu controlo. 

A AAUMinho não poderia eximir-se da sua responsabilidade de defesa intransigente dos direitos e interesses de todos os estudantes da Universidade do Minho pelo que, não se conformando com a inexistência de uma alternativa, encetou contactos com a Reitoria a modos de exigir uma solução e contribuir na procura da mesma.

Neste sentido, foi determinado por meio do Despacho Reitoral – 01/2022 e com eficácia imediata o seguinte:

  • Os estudantes que não possam comparecer presencialmente às avaliações das unidades curriculares na época normal, relativamente ao 1.º semestre, devido à infecção com SARS-CoV-2 e/ou por se encontrarem em isolamento profilático podem, mediante apresentação da devida declaração, realizar a avaliação na época de recurso.

  • Os estudantes que não possam comparecer presencialmente nas avaliações na época de recurso (1.º semestre), devido à infecção com SARS-CoV-2 e/ou por te encontrares em isolamento profilático podem, mediante apresentação da devida declaração, realizar a avaliação numa época excecional que decorrerá na 1.ª semana de fevereiro.

  • Os estudantes abrangidos pelo primeiro ponto que sejam conduzidos a exame de recurso e não obtenham a aprovação no mesmo poderão ter acesso à referida época excecional de exames.

O exposto acima vem, assim, determinar que todos os alunos que se vejam privados da realização de um exame de avaliação contínua ou de um exame de recurso terão restituída a possibilidade de dispor de todas as oportunidades de avaliação que lhes são previstas pelo Regulamento Académico da Universidade do Minho (RAUM), não saindo prejudicados na sua vida e objetivos académicos.

Lê o Despacho Reitoral na íntegra.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Relacionados