AAUM vence Troféu Coletivo no CNU de Corta-Mato

AAUM vence Troféu Coletivo no CNU de Corta-Mato

A Figueira da Foz foi o grande palco do Campeonato Nacional Universitário (CNU) de Corta-Mato. A Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) subiu ao primeiro lugar do pódio no Troféu Coletivo, depois da boa prestação dos seis atletas da Academia Minhota. Destaque para Mariana Machado e João Lopes, que arrecadaram uma medalha nas provas individuais.

Na prova feminina, Mariana Machado foi a primeira a cortar a meta, revalidando o troféu conquistado em 2019. A velocidade da minhota superiorizou-se a Manuela Martins e Joana Ferreira, ambas da Associação de Estudantes da Faculdade de Motricidade Humana (AEFMH). Apesar dos excelentes resultados, a estudante de Medicina ambiciona ainda atingir o recorde de Anália Rosa, atleta que venceu esta competição por cinco vezes. Para além do título nacional universitário, a estudante minhota sagrou-se campeã nacional de clubes pela terceira vez consecutiva.

Já na competição masculina, João Lopes não teve a mesma sorte e viu Daniel Martins, da Academia da Força Aérea (AFA), chegar à sua frente. Depois da medalha de ouro nos 800 metros do CNU de Atletismo em Pista Coberta, o estudante de Engenharia Informática voltou a conquistar um lugar no pódio. Os seis atletas representaram da melhor maneira a Academia Minhota, levando à vitória do Troféu Coletivo.